0
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Em entrevista ao portal Uol, Ivo Holanda relembrou sua carreira na TV. Ele, que teve suas pegadinhas inicialmente exibidas no programa “Alegria 81”, que ia ao ar na TVS Rio e na Record, emissoras de Silvio Santos antes de inaugurar o SBT, regravou pegadinhas clássicas para celebrar os 35 anos do canal paulista.
“Eu me apresentei em um evento e crianças de 6 anos me chamaram para tirar selfie. Sou o Chaves do Brasil. Quanto mais passa, mais o público gosta de assistir. Vejo Chaves direto, mais de 50 vezes. A mesma coisa é o Ivo Holanda nas pegadinhas”, compara.
Sobre sua fama de apanhar nas câmeras escondidas, Ivo relevou: “Eu tenho que ter jogo de cintura, faço muita musculação, academia. Fazia muito mais. A gente tinha um jeito de cair. Fazia na TV Paulista uma novelinha onde eu era bobo da corte e lutava. Peguei prática no boxe nesse quadro, acertaram meu nariz e vi estrela adoidado. Não queria mais isso, não. Uma vez o lutador pisou no meu pé, comecei a gritar e os caras pensavam que era brincadeira. Naquela época, nem pensava em fazer pegadinha. Já estava apanhando lá”, recorda.
Embora saiba apanhar sem sentir dor, Ivo já parou no hospital em uma pegadinha: “O gatinho da atriz ficava na árvore e eu colocava uma escada. O cara subiu para pegar o gatinho, eu tirei a escada e saí correndo. Ele me alcançou, eu caí de mau jeito no joelho do cara e trinquei a costela. Perdi a voz, me levaram para o pronto-socorro. Costela não engessa, fiquei em repouso. Senti uma dor que não pude respirar, tossir, falar nada”.
Vale lembrar que, além da produção, o SBT leva três seguranças escondidos para proteger o ator.
Em recente entrevista ao jornalista Daniel Castro, Ivo Holanda admite ter medo de gravar. “Não digo isso para querer ser o bom ou o gostosão, mas nunca recusei uma pegadinha. [Porém] Fiquei com medo de quase todas. Eu saía de casa quando falavam ‘vem gravar’ imaginando [com medo] o que eu ia fazer. Até hoje é assim, é tudo [decidido e comunicado] na hora”, explica.
Mas não é para menos, em certas ocasiões, ele  foi alvo de agressões físicas durante as brincadeiras. Mesmo assim, não pensa em aposentadoria. “Enquanto estiver bem, vamos fazendo até onde dá”, diz.
Sobre sua trajetória com Silvio Santos, ele detalhou ao portal Uol. “Conheci o Silvio quando ele trabalhava na Rádio Nacional e fazia ‘Histórias que o Povo Conta’. Silvio narrava e eu fazia um dos personagens. Depois, eu sonhava: ‘Quando será que vou estar do lado do Silvio novamente? Agora ele está na televisão, vai ser difícil'”, relembra.
Hoje, Ivo Holanda raramente tieta Silvio, mas ele não se importa e declara seu amor pelo dono do SBT: “Vejo só no Natal, Ano Novo. Patrão é patrão, não pode abusar. Para mim, Silvio é um herói, meu patrão. Para chegar nele, eu tremia os olhos, a cabeça, os braços. Todo telespectador acha que tenho contato com ele toda hora pela maneira como ele me trata na televisão. Minha paixão é ver Silvio aos domingos”


Fonte: http://www.otvfoco.com.br/silvio-e-um-heroi-meu-patrao-diz-ivo-holanda-ao-comentar-carreira-em-entrevista/#ixzz4HbWlxffG

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.