0
Silvio Santos em seu programa. (Foto: Reprodução/Programa Silvio Santos/SBT)
A Polícia Federal realizará nesta quarta (19) uma operação para verificar se houve fraude na aquisição do Banco Panamericano, que foi do Silvio Santos, pela Caixa Econômica Federal.

Serão cumpridos mandados de busca e apreensão e o bloqueio de valores das contas bancárias dos investigados, como informa Keila Jimenez.
Como se sabe, em 2009 o banco Panamericano recebeu um aporte de R$ 2,5 bilhões, com recursos obtidos junto ao Fundo Garantidor de Créditos (FGC), tendo os bens do grupo Silvio Santos como garantia.
Em 2011, o Panamericano foi vendido por R$ 450 milhões, e foi acertada pelo BTG Pactual. Em 2014, Silvio Santos depôs na Justiça Federal como testemunha de defesa de um dos réus na ação penal sobre o rombo de R$ 4,3 bilhões do Banco.
“Me disseram que o rombo era de R$ 2,5 bilhões. Dei em garantia meus bens para pagar em 10 anos, com carência de 2 anos, ou 3 anos. Logo depois disseram que o rombo era de R$ 4,3 bilhões. Ora, eu voltei lá e disse ‘além dos bens eu não tenho mais nada’ . Aí apareceu o comprador, o Banco Pactual”, declarou Silvio na época.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.