0
7
Repórter foi roubado por integrantes da CUT (Foto: Reprodução)
Quem anda acompanhando o cenário político nacional sabe que a Central Única dos Trabalhadores, partidos de esquerda e sindicatos organizaram nesta sexta-feira (29) uma greve geral oposição a algumas reformas do Governo Federal, como a Trabalhista e a Previdenciária.

Porém, o que era pra ser destaque nas páginas políticas acabou com alguns casos indo parar nas páginas policiais. Um repórter da TV Jornal, parceira do SBT em Pernambuco, acabou se tornando vítima de vândalos durante a manifestação.
Jonnath Moreiro teve seu celular usurpado enquanto cobria protesto realizado na Avenida Recife. Ele estava gravando atos de vandalismo no local, que estava interditada nos dois sentidos: “A população da área estava fazendo alguns atos de vandalismo e eu estava registrando com meu celular”, contou o repórter.
Ele contou que a abordagem foi feita por integrantes da CUT: “Me cercaram e disseram que, ao registrar essas imagens, eu estava ‘queimando o movimento deles’. Disse pra ele que precisava registrar o fato. Eles falaram que não iriam permitir e roubaram meu celular”.
Com informações do Jornal do Commercio

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.