0
Gugu e Silvio Santos durante festa do GSS em 2008 (Foto: Divulgação)
Gugu e Silvio Santos durante festa do GSS em 2008
(Foto: Divulgação)
O apesentador Gugu Liberato abriu o jogo sobre diversos assuntos na coletiva de lançamento do reality-show Power Couple, que agora tem seu comando. Durante a ocasião, ele fez uma revelação curiosa para os jornalistas que estavam presentes.
O loiro contou que começou a usar ponto eletrônico na Record, e revelou o que mais o atrapalha na apresentação: “Comecei a trabalhar com o ponto aqui na Record, não me atrapalha. O que me atrapalha é  não poder me movimentar, ter de ficar parado, isso me atrapalha”.
Mesmo resistindo de início a apresentar o Power Couple, Gugu revelou que ele mesmo pediu para não comandar mais a sua antiga atração:
“Eu não aguento ficar fazendo a mesma coisa por muito tempo. Quando entra na rotina, eu começo a mudar, jogo quadro novo, não aguento ficar fazendo a mesma coisa. Quando chegou no ano passado, eu pedi à Record que eu não queria mais fazer aquilo porque eu tinha cansado. Eles então começaram a ver outra coisa para eu fazer. Sempre fui, modéstia à parte, pioneiro em algumas coisas, nós colocamos pela primeira vez no ar, em 1992, mensagens da internet, o que hoje é tão comum. Sempre busco alguma coisa nova, quando eu vou às feiras (de TV) e tal”, contou.
O apresentador da Record ainda falou da relação com Silvio Santos, seu antigo chefe e dono do SBT. Gugu disse que não costuma muito se encontrar com o dono do Baú, e que não conversam há mais de três anos. “A última vez que conversamos foi em 2015, quando nos encontramos por acaso no Jassa”.
Sobre o formato do reality de casais, Gugu revelou que tem bastante liberdade criativa: “A gente tem liberdade, no nosso caso, do dono do formato, a produtora Cygnus, para fazer muita coisa. O que faz a apresentação funcionar é o apresentador e a função do diretor é dar subsídio ao apresentador“, disse.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.