0
A jornalista Débora Bergamasco, nova contratada do SBT (Foto: Gabriel Cardoso/SBT)
A jornalista Débora Bergamasco, nova contratada do SBT
(Foto: Gabriel Cardoso/SBT)
O SBT assinou contrato com a jornalista Débora Bergamasco nesta sexta-feira (20). Ela apresentará um novo programa semanal de entrevistas que contará, além do convidado principal, com mais três entrevistadores a cada edição.
A atração, intitulada de Poder em Foco, estreia no dia 06 de maio e irá ao ar todos os domingos, à meia noite, logo após o Programa Silvio Santos. “É um novo programa de entrevistas, que vem em um momento importante, por se tratar de um ano de eleições. Além disso, é mais um programa do Jornalismo do SBT, que está numa excelente fase de audiência”, afirma o Diretor Nacional de Jornalismo da emissora, José Occhiuso.
Nova contratada do canal de Silvio Santos, Débora lembra que o país está passando por um momento em que o debate se faz obrigatório: “Fico feliz em conduzir um programa que poderá colaborar com o debate nacional”, diz ela.
O diretor José Occhiuso e Débora Bergamasco (Foto: Gabriel Cardoso/SBT)
O diretor José Occhiuso e Débora Bergamasco
(Foto: Gabriel Cardoso/SBT)
Débora Bergamasco concluiu o curso de Jornalismo na Universidade Estadual de Londrina (Uel/PR). Além disso, dos 13 aos 23 anos, foi apresentadora em um canal de TV local em Assis, interior de SP, sua cidade natal. Cobriu a seção de cultura no jornal O Estado de S.Paulo por um ano e, depois, atuou na equipe de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo (SP), em 2009. No mesmo ano, cobriu férias no O Estado de S.Paulo, trabalhando na coluna Direto da Fonte, de Sonia Racy. Mudou-se, então, para Nova York (EUA) para a realização de um curso de entrevistas na NYU.
Na volta, foi contratada pelo Grupo Estado em janeiro de 2010, permanecendo como repórter da Direto da Fonte até 2012. Fixou-se depois em Brasília, onde trabalhou como repórter na editoria de Política da sucursal do Grupo Estado. Em abril de 2015 aceitou convite de Marcone Gonçalves, diretor de Comunicação do Ministério da Justiça, e começou na Assessoria Especial do ministro José Eduardo Cardozo, cargo que exerceu até setembro de 2015. Assumiu, então, a direção da sucursal da IstoÉ em Brasília, bem como a coluna Brasil Confidencial da revista. Em agosto de 2017, deixou a direção da IstoÉ em Brasília e começou na equipe de Época e do jornal O Globo, da Editora Globo, onde permaneceu até este momento.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.