0
Valentina (Foto: Reprodução)
Valentina (Foto: Reprodução)
A atriz Valentina deu uma entrevista para o SBT Online em vídeo publicado na última terça (27). Durante o bate papo, ela falou sobre diversos assuntos, como sua relação com o Ratinho.
“Ele é café no bule, não é sossegado. Eu trabalho com ele há 9 anos. No SBT eu já devo ter uns 12 anos, porque eu fazia Câmera Escondida, o humorístico Sem Controle”, contou. “Tem uma coisa que me incomoda muito quando falam de assistente de palco. Você sabe o que é estar todo dia ao vivo com microfone, sem roteiro nenhum indo no improviso do meu chefe?”, comentou.
“Ele é um paizão, ele vai ficar muito bravo de eu falar isso. Paizão com todo mundo. Para se ter ideia, quando ele descobriu que eu estava grávida, eu fui pegar uma abóbora no programa, ele gritou: ‘Larga essa abóbora porque você tá grávida!’. Eu me surpreendi: ‘Mas meu Deus do céu tá ao vivo patrão!’. Muito fofo”, disse.
A contratada do SBT falou sobre a gravidez. “Estou com quatro meses e meio. Eu quero que apareça a barriga, estou naquela situação que a pessoa não sabe se eu estou gordinha ou se estou grávida”, brinca.
“Olha como que muda a cabeça da mulher. Um dia eu estava indo trabalhar e uma mulher falou assim pra mim, na maldade mesmo: “Ah você está grávida? Vai ficar gorda”. Ai eu falei: “Agora meu objetivo é totalmente outro. Estou só para cuidar do meu filho, não estou interessada em ficar bonita”. Hoje em dia estou zero preocupada com peso”, relatou.
Além disso, ela não se intimidou em falar sobre o assunto delicado do aborto que sofreu dois meses antes desta gravidez. “Eu adoro falar sobre isso. Foi em outubro do ano passado, eu estava com 7 semanas, não tem nem o feto direito. Porém, a mente da mulher, quando você descobre que você está grávida muda, começa a fazer planos e de repente o plano some. Porque que eu gosto de falar disso: porque muita gente depois disso falou comigo que não tinha coragem de tocar nesse assunto, e muitas mães me falaram que não tinham coragem de tentar engravidar de novo e você me deu esperanças”, concluiu.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.