0
Silvio Santos e Patricia Abravanel em episódio trágico (Foto; Reprodução)
Silvio Santos e Patricia Abravanel em episódio trágico (Foto; Reprodução)
Geraldo Alckmin, candidato à Presidência da República pelo PSDB,  chocou o público em seu horário eleitoral que foi ao ar na noite deste sábado (08). O programa do presidenciável repercutiu o atentado cometido contra o também candidato Jair Bolsonaro (PSL).
Com o maior tempo de TV entre todos os candidatos, o tucano exibiu o episódio deixou todo o país estarrecido, e colocará no Partido dos Trabalhadores a culpa pelo clima de ódio em que o país se encontra.
Mais que nunca, o país precisa de pacificação. O ódio que divide o país cresceu com o PT e fez prosperar radicais de um lado e de outro. Isso não serve a nenhum brasileiro de bem“, afirmará o candidato, que ainda ressaltará que “não é na bala e nem na faca que vamos construir esta nação”.
O programa colocou Alckmin como o candidato do diálogo e exibirá cenas do trágico episódio em que Patricia Abravanel foi sequestrada, em 2001. O programa mostrará que o bandido voltou a casa de Silvio Santos, o manteve refém e exigiu garantia de vida para liberar o apresentador.
Só um homem poderia atender ao seu apelo: Geraldo Alckmin”, comentou o programa, de acordo com informações do portal G1. 

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.