0
Leo Dias no SBT (Foto Divulgação)
Leo Dias no SBT (Foto Divulgação)
O jornalista Leo Dias conversou com Antônia Fontenelle para o canal dela no YouTube e falou pela primeira vez sobre a internação de uma semana em uma primeira etapa para tratamento da dependência química em cocaína. Segundo Léo Dias, ele ficou por uma semana neste tratamento que é diferente do tradicional, pagou cerca de 8 mil reais e continuará o processo de cura daqui em diante. O rapaz terá, inclusive, que fazer uma restrição alimentar como chocolate, refrigerantes.
Segundo Leo Dias, ele segue no tratamento e só deverá voltar a ser internado quando sentir vontade de usar drogas. Para quem não sabe, o atual tratamento do jornalista é feito com um outro tipo de droga, considerada a mais forte do mundo, que por acarretar efeitos alucinógenos. Segundo o apresentador ao receber a dose da droga, ele ficou bastante debilitado, não conseguiu andar, mas mesmo assim não teve efeitos alucinógenos.
“Eu não conseguia andar, tremia os braços, via raios de luz e dormia quase o tempo todo”, relatou Leo em entrevista a Antonia Fontenelle. Quando eu me internei, o meu medo era só um: de voltar com a cabeça zoada. Porque eu sei que o meu grande diferencial é o cérebro”.
“É uma internação completamente diferente. Para você ter uma idéia, a ANVISA não autoriza ter restaurantes dentro da clínica. Então, fica de portas abertas o dia inteiro (…) quando você tem consciência de que está doente e precisa se cuidar, aí você vai para essa clínica. Estou em tratamento, mas meu tratamento não é dentro de uma clínica agora. Vou voltar quando sentir vontade de usar cocaína de novo”, explicou ele que falou sobre o motivo de ter revelado para todos o vício nas drogas:
 “Sou uma pessoa que trabalha com a verdade, as pessoas precisam acreditar naquilo que estou falando. Não adianta contar uma mentira da minha vida para alguém. Eu que coloco o dedo na cara de todos os artistas cobrar a verdade deles e na hora da minha vez mentir”.
 Ainda na entrevista, Leo Dias falou sobre a ligação que recebeu de Xuxa, que teria questionado se o rapaz estaria precisando de algo, antes da internação dele: “Eu fiquei muito chocado, porque sempre que me aproximo da Xuxa eu fico nervoso. Quando ela falou: ‘Você é meu baixinho’, é pesado demais”, disse o jornalista que afirmou ter chorado muito na ligação com a apresentadora.
“Acho que a lição que tiro disso tudo é que estou amadurecendo, estou buscando um Leonardo mais centrado, que não precisa de bengalas, que não precisa nem de homem, nem de cocaína, nem de nada. Mas eu precisava desse acode químico”, concluiu.
Assista ao vídeo:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.