0
Débora Bergamasco no SBT (Foto: Reprodução/SBT)
Débora Bergamasco no SBT
(Foto: Reprodução/SBT)
Por essas poucos esperavam. O SBT conseguiu, antes de finalizar o ano, umas das entrevistas mais aguardadas da política brasileira. Através da jornalista Débora Bergamasco, a emissora de Silvio Santos conseguiu conversar com Fabrício Queiroz. É a primeira vez que ele fala com um canal de TV.
O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), órgão do Ministério da Fazenda, identificou o que classificou como “movimentações atípicas” de R$ 1,2 milhão na conta bancária de Queiroz em um período de 13 meses.
O ex-assessor de um dos filhos do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que seus rendimentos mensais giravam em torno de R$ 24.000, sendo parte vinda do salário de assessor e o restante da remuneração como policial.
De acordo com o blog de Ricardo Noblat, em busca de proteção, Fabrício Queiroz só irá depor ao Ministério Público do Rio de Janeiro depois que o presidente eleito Jair Bolsonaro subir a rampa do Palácio do Planalto no próximo dia 1º.

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.