0
No The Noite desta terça-feira (30), Danilo Gentili recebe Alexandre DanielliEx-combatente da guerra do Afeganistão, ele explica que se alistou como cidadão americano por ter um Green Card e afirma: “foram oito meses de preparação para assinar o contrato de fuzileiros navais”. A respeito de um dos motivos que o levou a essa carreira, diz: “nos Estados Unidos se você é veterano de guerra as grandes empresas dão preferência em contratar”. Sobre as exigências que enfrentou, conta: “na época eu tive que emagrecer 20Kg e investigaram toda a minha família no Brasil. Se meus pais tivessem ido presos já não poderia entrar”.

 Foto: Gabriel Cardoso/SBT

Alexandre relata que se imaginava em alguma função administrativa quando se alistou, mas saiu do treinamento com outra mentalidade. “Eles fazem uma lavagem cerebral no bom sentido de que temos que defender o país. Você sai dali querendo ir pra guerra”, diz. Questionado sobre sua saída do Brasil, fala que sua intenção era aprender inglês e juntar dinheiro no início. “Primeiro fui como pedreiro, depois faxineiro, depois fui para a churrascaria”, recorda. Sobre os machucados de guerra, afirma: “quebrei costela, joelho e tenho um zunido constante no ouvido”. Assistindo algumas gravações de sua atuação na guerra, reflete: “dificilmente assisto e para mim parece uma coisa que não aconteceu, como um sonho”.

THE NOITE
Nesta terça, logo após o Cine Espetacular

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.